Matemateca IME-USP / Rodrigo Tetsuo Argenton , Uma rotação completa de um dodecaedro torcido dextrogiro, fotos a cada 15°, parte do acervo da Matemateca IME-USP CC BY-SA 4.0 [+]

Combinando vídeos com matemática: ilustrando conceitos matemáticos no Brasil

Um produto vale agora 40% do preço original, mas qual era o preço original? Se uma doença tem afetado 10% da população, quantas pessoas dentre 100 foram afetadas? Quanto é 50% de 120?

Essas são questões similares àquelas perguntadas em estudos transnacionais que avaliam a alfabetização matemática, e elas  mostram que o Brasil está nas piores colocações. Pesquisas nacionais e transnacionais recentes como o Programa de Avaliação Internacional de Estudantes da OCDE mostram que o nível de entendimento matemático no país tem diminuído nos últimos dez anos. Esse cenário é especialmente grave, já que no meio de uma crise econômica, os governos em todas as eferas têm optado por cortar gastos em educação.

Na condição de voluntários da Wikimedia, nós acreditamos que podemos ter algum impacto nessa inumeracia generalizada que ocorre em nosso país. O Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil trabalhou para mudar esse cenário através de duas abordagens principais: melhorar o conteúdo escrito na Wikipédia e ilustrar esse conteúdo com mídia de alta qualidade.

Começando com a Wikipédia

Para dar início a nossos esforços, começamos a sistematicamente a melhorar conteúdos de matemática na Wikipédia lusófona. Sob a supervisão de professores da Universidade de São Paulo e com o suporte de um grant da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), os voluntários do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e alunos de graduação melhoraram sistematicamente a qualidade de centenas de artigos na famosa enciclopédia livre. Agora, a Wikipédia lusófona conta com a maior quantidade de artigos destacados — uma espécie de selo de alta qualidade — em tópicos matemáticos.

O raciocínio para melhorar o conteúdo em matemática nos projetos Wikimedia em português é o de que partes significativas da população brasileira têm acesso a internet. Os projetos podem, portanto, tornarem‐se um recurso poderoso para divulgar informação de alta qualidade, especialmente informação científica. Nós temos trabalhado em importantes artigos de matemática básica, como os artigos de médiamedianamodadistribuição de probabilidade variável aleatória. Temos tentado ainda incluir versões audíveis para essas entradas, a fim de melhorar a acessibilidade do conteúdo; especialmente para pessoas cegas e com baixa visão. Como a Wikipédia lusófona é uma referência, a expectativa é que quando as pessoas, especialmente estudantes, olharem para o conteúdo de matemática na internet, possam encontrar um caminho para o conteúdo de alta qualidade que produzimos.

Vídeo de valor inestimável

Recentemente fizemos uma parceria com o voluntário independente e de longa data Rodrigo Tetsuo Argenton, a fim de realizar o carregamento da coleção do Museu de Matemática da Universidade de São Paulo, a Matemateca, para o Wikimedia Commons. Trabalhar com museus para fazer o upload de partes de suas coleções para os projetos Wikimedia é algo bem comum, de fato: a comunidade internacional tem estabelecido ao longo do tempo guias de melhores práticas e nós mesmo já trabalhamos, por exemplo, com o Museu de Veterinária em São Paulo para fazer o upload de imagens de sua coleção. Comparado a essas iniciativas, o trabalho com a Matemateca tem uma grande diferença: metade dos uploads são vídeos curtos.

Fazer o upload para o Commons foi muito animador porque os vídeos têm se tornado o principal recurso na internet e podem oferecer uma abordagem introdutória a diversos conceitos matemáticos. Em geral, e por muitas razões, o movimento Wikimedia não se baseou muito em vídeos como uma maneira de ilustrar entradas na Wikipédia em diversas línguas. Um desafio por exemplo: filmagens podem ser especialmente exigentes para voluntários, e como um movimento nós devemos encontrar uma maneira de melhorar nossa habilidade de produzir conteúdo multimídia de alta qualidade de maneira fácil e barata.

Trabalhar com a Matemateca para produzir e fazer o upload de dezenas de vídeos curtos nos permitiu ainda garantir que o tempo voluntário fosse destinado a conteúdo de alta qualidade. Com a supervisão do diretor do museu, Eduardo Colli, temos associado diversos vídeos, tais como aqueles que descrevem os nós matemáticos, as figuras de Chladni, a caixa de Galton e os ângulos de repouso, pareando-os com publicações educacionais do museu nos projetos Wikimedia. A iniciativa ainda está em curso, e nós pretendemos ainda realizar em breve o upload de pequenas palestras em conceitos matemáticos que nós temos fotografado ou filmado. Chegamos até mesmo a escrever  wikibooks sobre esses conceitos, começando com uma publicação colaborativa de nós. Tal iniciativa recebeu apoio da fundação Wikimedia para adquirir uma câmera.

Lições para o futuro

À medida em que avançamos nesta iniciativa de produção de conteúdo multimídia sobre a coleção da Matemateca, percebemos que conseguimos de alguma forma fornecer uma experiência única desta coleção e desses conceitos matemáticos. Até certo ponto, conseguimos replicar não apenas o conteúdo que está disponível no museu, mas também parte da experiência de aprendizado que alguém teria ao visitar o museu. Isto é especialmente diferente do que alguém teria se tivesse acesso somente às fotografias de objetos da coleção, uma vez que conceitos matemáticos tendem a ser melhor visualizados quando mostrados em movimento.

Nesta nossa experiência, o maior desafio para a feitura dos vídeos foi a pós produção. Comparando com a produção estática, editar vídeos consumiu mais tempo, e nós teríamos alavancado mais a parceria se tivéssemos envolvido mais pessoas no processo. Em fotografia, a estratégia típica é avaliar o objeto a ser fotografado, escolher um momento e extrair os aspectos educacionais mais relevantes dele. Em um vídeo, nós temos que prestar atenção a sequência lógica e tentar criar um ambiente que seja adequado à produção.

No entanto, esse desafio leva a excelentes benefícios educacionais, pois os vídeos podem mostrar conteúdos relevantes ao mesmo tempo que alguém está falando sobre o assunto.

 


João Alexandre Peschanski, Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e Rodrigo Tetsuo Argenton, Wikimedista. Publicado originalmente em inglês no Blog da Wikimedia e em português no Blog Traço de Ciência. 

Você pode encontrar mais desses tipos de vídeos no Wikimedia Commons.

Wiki
<ref "wmbr1380">João Alexandre Peschanski (27 de novembro de 2017). [https://wp.me/p5zA2r-mg Combinando vídeos com matemática: ilustrando conceitos matemáticos no Brasil] Wikimedia no Brasil. Visitado em 13 de dezembro de 2017 </ref>
ABNT
Combinando vídeos com matemática: ilustrando conceitos matemáticos no Brasil. In: Website Wikimedia no Brasil. São Paulo: Wikimedia no Brasil, 2017. Disponível em: <https://wp.me/p5zA2r-mg>. Acesso em: 13 dez. 2017.

Seu e-mail (obrigatório)

Erro encontrado neste post

  • Combinando vídeos com matemática: ilustrando conceitos matemáticos no Brasil é um artigo sobre educação, GLAM, Matemateca, museu, NeuroMat
  • Um produto vale agora 40% do preço original, mas qual era o preço original? Se uma doença tem afetado 10% da população, quantas pessoas dentre 100 foram afetadas? Quanto é 50% de 120? Essas são questões similares àquelas perguntadas em estudos transnacionais que avaliam a alfabetização matemática, e elas  mostram que o Brasil está nas piores […]
  • educação, GLAM, Matemateca, museu, NeuroMat
  • Comunidade
  • Wikimedia no Brasil
  • http://wikimedianobrasil.org/wp/wp-content/uploads/2017/04/dode.jpg