Nelson Jr./SCO/STF , O ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Albino Zavascki, em 2014.

Edição no calor da hora: um relato sobre curadoria de informação no verbete de Teori Zavascki

A enciclopédia eletrônica Wikipédia reúne tanto artigos sobre temas consagrados e consolidados quanto verbetes sobre acontecimentos atuais, alterados no calor da hora. Foi isso que aconteceu com o verbete sobre o ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, que morreu em 19 de janeiro, após o avião em que se deslocava para Paraty cair. Verbetes com temas atuais costumam atrair um número expressivo de leitores, ávidos de contexto para uma nova situação com relevância midiática; estima-se que o artigo sobre o ministro tenha sido acessado só naquele dia em torno de 169 mil vezes. Notícias erradas e falta de fontes marcaram os primeiros instantes das atualizações na Wikipédia, até que editores mais experientes da enciclopédia entraram em ação. A convite do blog Wikimedia no Brasil, o editor Alan Moraes relata seu trabalho voluntário de curadoria de informação no contexto da morte do ministro da suprema corte.

Alan Moraes

Como todo mundo, fui pego de surpresa com a notícia da queda do avião que vitimou o ministro Teori Zavascki. No começo as informações estavam muito desencontradas, por exemplo, não se sabia nem se ele teria mesmo embarcado no voo, entretanto a informação da morte do magistrado já constava na Wikipédia apesar de não existir nenhuma referência que embasasse isso. Compreendo o frenesi que se forma em torno de tragédias, mas a Wikipédia não compete com a mídia para se preocupar em dar primeiro a notícia. Entendo que a Wikipédia deva sempre fornecer a informação da melhor qualidade possível e isso só acontece citado-se fontes confiáveis, independentes e imparciais.

É comum em eventos correntes, especialmente em acidentes, que haja muita especulação e as informações mudem rapidamente nos primeiros instantes. Já que era inevitável que o artigo fosse atualizado, preocupei-me, então, em adicionar apenas informações que fossem confirmadas, de preferência, por mais de um veículo de imprensa. Neste momento, preferi ater-me aos mais conhecidos e tradicionais, não porque eu não acreditasse na seriedade dos outros, mas porque imaginei que os maiores teriam mais condições e recursos para confirmarem as informações, diminuindo, na medida do possível, o sensacionalismo que sempre acompanha as tragédias.

A primeira informação confirmada foi que Teori Zavascki realmente estava a bordo do avião, contudo, naquele momento, não se sabia se ele havia sobrevivido ou falecido. Depois, o Corpo de Bombeiros informou a morte de três pessoas, mas ainda sem confirmação da morte do ministro. Na sequência, um outro editor experiente, conhecido na Wikipédia como Instambul, foi quem voltou a atualizar o artigo com a informação da morte do magistrado. Entretanto, como ele havia citado somente uma fonte, cheguei até a desfazer sua edição para esperarmos a confirmação de mais fontes. Achei mais prudente aguardarmos alguns minutos para termos certeza da morte de Teori, uma vez que a notícia seguramente estava sendo verificada por mais jornais, o que acabou, lamentavelmente, confirmando-se muito rapidamente.

A partir daí, fui acompanhando o noticiário e, sempre que algo relevante sobre o acidente era dito por duas ou mais fontes, ia incluindo os fatos novos no artigo, por exemplo, foram incluídos alguns detalhes do plano de voo e da aeronave. Após a confirmação da morte, surgiram as declarações de autoridades sobre a morte do magistrado, seguidas da repercussão internacional do acidente. Ainda busquei referências para atualizar ligeiramente sua biografia, destacando principalmente atuação de Teori Zavascki na Operação Lava Jato. Por fim, no dia seguinte, para complementar o artigo, busquei informações sobre as outras pessoas envolvidas no acidente, porque no dia anterior a cobertura centrou-se principalmente na morte do ministro e não havia muitas informações sobre quem seriam as outras vítimas. Acabou que, infelizmente, haviam sido cinco mortes em vez das três informadas anteriormente.

É importante ressaltar que evitei dar vazão a especulações sobre as possíveis causas do acidente, porque não passaram de meras especulações. A Wikipédia não é abrigo para isso. O único fato que se tem certeza até agora é que chovia no momento da queda e é esta a informação que consta atualmente.

Considero que uma Wikipédia sem especulações seja mais relevante para a sociedade, afinal são os fatos que realmente importam. Para finalizar, em circunstâncias como essa, penso que responsabilidade seja muito mais importante do que velocidade de atualizações.

Wiki
<ref "wmbr1102">João Alexandre Peschanski (20 de janeiro de 2017). [http://wp.me/p5zA2r-hM Edição no calor da hora: um relato sobre curadoria de informação no verbete de Teori Zavascki] Wikimedia no Brasil. Visitado em 22 de agosto de 2017 </ref>
ABNT
Edição no calor da hora: um relato sobre curadoria de informação no verbete de Teori Zavascki. In: Website Wikimedia no Brasil. São Paulo: Wikimedia no Brasil, 2017. Disponível em: <http://wp.me/p5zA2r-hM>. Acesso em: 22 ago. 2017.

Seu e-mail (obrigatório)

Erro encontrado neste post

  • Edição no calor da hora: um relato sobre curadoria de informação no verbete de Teori Zavascki é um artigo sobre Curadoria, Facts Matter, relato, Teori Zavascki, Wikipédia
  • A enciclopédia eletrônica Wikipédia reúne tanto artigos sobre temas consagrados e consolidados quanto verbetes sobre acontecimentos atuais, alterados no calor da hora. Foi isso que aconteceu com o verbete sobre o ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, que morreu em 19 de janeiro, após o avião em que se deslocava para Paraty cair. Verbetes […]
  • Curadoria, Facts Matter, relato, Teori Zavascki, Wikipédia
  • Comunidade
  • Wikimedia no Brasil
  • http://wikimedianobrasil.org/wp/wp-content/uploads/2017/01/teori.jpg